terça-feira, 9 de agosto de 2011

Desabafo


Tenho muitas saudades daquela amiga a quem o meu pai foi contar a minha vida...é idiotice da minha parte, mas tenho...:(
Antes de sair de Portugal vi-a várias vezes, mas foi como se nem nos conhecêssemos... Se calhar foi melhor assim: nunca voltaria a confiar nela depois de tudo o que espalhou sobre mim, indiscriminadamente, verdades e mentiras, nem esqueço o que me desejou... MAS tenho saudades daquilo que fomos durante aqueles anos, que coincidiram com episódios muito importantes da vida de cada uma, especialmente da dela... e que partilhámos, sem medos nem censuras, sempre... e, repito, tenho saudades daquilo que fomos, ou éramos, mas que nunca mais poderá voltar.
Mesmo assim, gostava de lhe poder dizer o que penso sobre tudo o que se passou, tudo o que lhe desejo de bom e, especialmente, que tenho saudades dela.

É a vida!! Uns vão, outros ficam, outros passam sem darmos por eles, e outros deixam uma marca que teima em nunca se apagar.

3 comentários:

Abiga disse...

=(

Panda disse...

Passei por isso há relativamente pouco tempo. Pronto se calhar já lá vão 3 anos e ainda me doí pensar sequer no assunto. Sinto falta da amizade mas sei muito bem que amigos assim mais vale não ter.

butterfly disse...

Como te compreendo... também começo a pensar assim, cada vez mais... é a verdade nua e crua!